domingo, 27 de março de 2011

De volta de novo.

Depois de um turbulento verão, eis que retorno no Outono.
Eu vou ser bem sincera: Adoro escrever (principalmente no meu diário). Mas tem certos assuntos que eu não consigo compartilhar com os outros. Sim, eu sou normal e não me acho acima do bem e do mal, só tenho essa dificuldade. Quando criei esse blog não pensei muito nos assunto pós-casamento, mas mesmo assim me aventurei. Adoro escrever!


Não vou escrever apenas coisas de casa, gastronomia caseira, vida a dois e etc. Vou falar tbm sobre a passagem do Obama aqui pelo Rio.....BRINCADEIRA....pura brincadeira, achei isso a maior chatice do mundo, mas útil.


Parece até q estou me reapresentando né?! Mas de certa forma estou....
Agora sou uma pessoa legalmente casada e com 25 anos de idade (AI MEDO AINDA.....).
Mas segunda-feira começo minha terapia......brincadeira de novo...rs


Bom, vou caprichar no meu próximo post. Eu sinto isso....ja estou até tendo uma idéia sobre nosso próximo assunto.....("nosso", rs) Cmo se tivesse 300 mil leitores...rrsrs Mas juro q não ligo se tenho uns 3 ou 4 q leem o q e escrevo. Adoro escrever. Mesmo que seja só pra mim.


Abraços a todos .

2 comentários:

Stol disse...

Grande Ellen, Paz.
Eu leio sempre o que você escreve ou posta aqui, pois necessariamente não precisa sempre escrever, pode postar um vídeo ou foto. Mas como tenho seu blog em minha lista, todas as atualizações aparecem pra mim.
Show de bola essa sua reapresentação, kkkkkkkk.
Algo que curti foi o fato de ter citado o "legalmente" casada.
Quando trampei no Wal Mart, tive que ir ao RH para resolver uma par de assuntos, logo no começo, daí quando me perguntavam se eu era casado em que eu confirmava, a pessoa perguntava se era casado no "papel". No começo achei aqui estranho, mas como sou muito desconfiado (gosto de falar escaldado, kkkkkkkkkkkk), comecei a imaginar o porque. Durante outras visitas ao RH para ver documentação e tal, pude constatar o por que da pergunta da funcionária, é que uma par de gente, se diz casada, na verdade só "juntou", foi morar junto e não houve a certidão de casamento. Confesso que nunca tinha me deparado com isso antes e comecei a refletir bastante sobre o caso.
Enfim, quando vejo alguem casando, de verdade, dou mó moral, apoio sempre, pois isso é mandamento de Deus, com bênção.
Bom, vamos poupar a saliva (mas nesse caso os dedinhos e as letras) para, como você mesma escrevera, "nossa" próxima postagem.
KKKKKKKKKKKK.
Bjão pra ti e Paz.

Ellen Aread disse...

Aiiii Digão, só vc mesmo. So vc q atura minhas postagens...hahahha Obrigada meu amigo. hahhaha
Interessante isso q vc falou. Escrevi por escrever, nem me liguei. Mas é muito verdade o q vc falou. Tbm ja ouvi muito isso em empresas e é meio chato né? A pessoa diz q é casada mas na verdade só mora junto. O ruim é q ja existem leis q ajudam essas pessoas "casadas". Passou de 5 anos a pessoa ja tem direito a tudo da outra praticamente. Lamentável. Concordo tbm quando vc diz q apoia "casamentos de verdade". Fico muito feliz quando algum amigo faz isso, msm sem saber esta tendo a benção de Deus né? Amém!!!! Bjão Digão, meu leitor fiel e sabidão. (tinha q pensar em alguma cosia pra rimar rsrs)